Lorem 2

##########

Lorem 1

######

5 maneiras de PERDER uma eleição municipal

Ser candidato em uma eleição municipal é fácil, difícil é ser eleito. Você bem sabe que existem muitas estratégias que podem dar certo e outras não. Na internet tem vários conteúdos, do básico ao avançado. Contudo, para iniciar bem uma campanha política na sua cidade é muito importante saber que existem erros que custarão caro.


como perder uma eleição
Foto Original: Evelson de Freitas/Estadão Conteúdo

Vamos a lista das 5 Maneiras de perder uma Eleição Municipal:

1) Não respeite as leis eleitorais

O que mais aparece nessas eleições são os “espertalhões”, aqueles que querem dar um jeitinho e quem sabe passar despercebido. Então vou te dizer duas coisas quem pensa assim: (1) existem adversários que querem te ver fora e eles também são espertos e os (2) juízes eleitorais são os mais chatos que existem e são bem mais espertos que você. Então segura seu pagode!

Pesquise sobre as regras da disputa eleitoral, sendo na pré-campanha e campanha. Busque auxílio do partido, inclusive jurídico e tenha um bom plano de gestão de crise.

2) Não seja você, seja um personagem

Então quer dizer que está em alta falar sobre saúde e você, que nunca se envolveu com esse assunto, agora quer ser o Dr. Dráuzio Varela?
Calma... O eleitorado não é bobo. Não adianta tentar maquiar um chimpanzé, pois ele ainda será um chimpanzé!

Tenha em mente que sua história, seu currículo e seu trabalho são importantes para escolher as bandeiras que você irá defender. Siga um padrão:
- Candidato a prefeito – Tenha sua especialidade, mas saiba discutir e ter a resolução sobre outros temas.
- Candidato a vereador – Tenha suas bandeiras (no máximo 3), mas saiba a importância sobre outros temas e como podem influenciar a sua “bandeira”.

A maneira como você se expressa, sua oratória, autoridade acerca de alguns temas e postura já estão sendo avaliadas!

3) Não leve as redes sociais a sério

Showmício, camisetas, bonés e dinheiro de empresa não pode mais. Porém, as redes sociais virão com a maior força dos últimos anos nessa Eleição Municipal.
Caso você não tenha uma página no Facebook, Instagram e esteja em grupos do WhatsApp de sua cidade, então talvez você nem exista.
É importante desde a pré-campanha mostrar sua história, sua trajetória e seus pensamentos. Numa disputa política, você é uma marca e uma marca sem história não é confiável.

Por isso é importante pensar no marketing digital político e como a sua marca será vista na internet, tanto nas mídias sociais, como no Google. Apareça!

4) Não busque apoio

“Igual a andorinha eu parti sonhando, mas foi tudo em vão. Voltei sem felicidade, porque, na verdade, uma andorinha voando sozinha não faz verão. ” (As Andorinhas – Trio Parada Dura)
Se o seu sonho é ser eleito prefeito ou vereador, é melhor conversar com as pessoas, estar próximo de quem pensa igual a você e sair da zona de conforto. Não se apegue somente na sua fama ou no dinheiro que (talvez) você tenha para a campanha.

Ter colaboradores, cabos eleitorais e pessoas que estão juntos contigo ainda é fundamental na política municipal. Além disso, é importante que eles entendam a sua estratégia de campanha e estejam treinados para te apoiar. Isso mesmo, treinar os colaboradores, pois apenas um aperto de mão não é apoio.

5) Não tenha um profissional de marketing te auxiliando

“Mas o Fulano foi eleito sem esse negócio de marketing eleitoral”.
- Ok, mas o Fulano seria eleito com ainda mais votos se tivesse tal auxílio e não teria problemas com a imagem desgastada, ou seja, poderia ir mais alto, como Deputado Estadual, Federal ou até Governador em alguns anos.
 O motivo disso é que um bom profissional, quando cria o planejamento da campanha, leva em consideração situações de curto e longo prazo. Ademais, trabalhará a sua imagem baseado na expertise e em dados (pesquisa), buscando extrair o seu melhor da maneira mais assertiva possível!

Atualmente, na política, não há espaço para amadores. Por isso, se o seu plano é vencer, conte conosco – OSW Marketing Político e Eleitoral

Por: Tiago Carossi

Nenhum comentário:
Escrever comentários

Gostou das nossas publicações?
Receba gratuitamente por e-mail!