Lorem 2

##########

Lorem 1

######

Política não é dom, mas é preparo

Há muitos anos, a política deixou de ser vocação para ser profissão. Na Grécia antiga, Platão e Aristóteles diziam que só era político aquele que tinha o "dom divino" para poder governar a pólis (cidade-estado da época). Sendo assim, se não fosse de sua natureza, você não poderia ser um candidato a participar de uma eleição, por exemplo.

Hoje, você não precisa deste dom. Basta que tenha uma estratégia de comunicação bem definida, um plano de governo que consiga atender os anseios da população, uma pesquisa eleitoral feita de forma eficaz, um bom ajuste da imagem do candidato, presença massiva nas mídias digitais, uma equipe que partilha de um propósito forte e um bom discurso recheado de técnicas de persuasão, gatilhos mentais e PNL.

Atualmente, este é o "dom divino" que pode ser moldado por um bom analista que entenda de Marketing, Publicidade e Política.

O político, como todo profissional, se diferencia dos outros ao estudar e praticar (Lula e Obama são ótimos exemplos). Além disso, de nada adianta o dom se a equipe for fraca. É como o Pelé jogando na várzea ou Hamilton pilotando em corrida de rua.

Não desperdice o seu potencial. Chegar até a vitória é o único foco na política. O resto não nos interessa!

Por: Daniel Eloi e Tiago Carossi

Nenhum comentário:
Escrever comentários

Gostou das nossas publicações?
Receba gratuitamente por e-mail!